Relatório final SOS Venezuelanos

“É com muita alegria no coração que enviamos o relatório do término dessa etapa em Boa Vista.

Foram dias incríveis onde o agir de Deus se fez presente em todos os momentos.

Foram realizados 3 cursos de capacitação com o total de 51 pessoas. Antes de cada curso eles receberam palestras sobre higienização e manipulação de alimentos, bem como evangelismo onde no final todos se renderam a Cristo, Glória a Deus! Ao término, todos receberam palestra sobre qualidade de atendimento e seus certificados com o total de horas.

Foi lindo no final, uma aluna pegou o violao e ministrou com a musica. Olhar para aquelas pessoas quebrantadas foi lindo e despertou o desejo na igreja de ter um culto em espanhol para eles.

O consultório odontológico foi bênção! No 2 dia o compressor queimou, porem no mesmo dia um dentista nos emprestou o dele para continuarmos o trabalho!

Foram atendidas 66 pessoas no total.

O médico se integrou à equipe do exército que era composta por 4 médicos no total, os atendimentos foram realizados em diferentes abrigos.

Com as crianças foi fantástico! Em todos os abrigos tinha a participação de mais de 100 crianças, sendo o último abrigo um total de 190. Recebiam a Palavra de Deus através de músicas, teatro, histórias, brincadeiras e orações e ainda tinham atividades de expressão com pinturas.

O trabalho com as mulheres foi lindo, elas eram bem participativas. Foi trabalhado a autoestima e expressao através da arteterapia numa oficina de flores de papel, houve ministração e a Palavra do Senhor semeada. Até alguns homens quiseram participar das oficinas. No último dia receberam limpeza de pele.

No último abrigo (índígenas em Pacaraima), além dos trabalhos com mulheres, crianças, dentista, foi realizado um trabalho de pintura com os homens e também a entrega de 100 kits masculinos de higiene pessoal contendo escova e pasta de dente, sabonete, pente, barbeador e desodorante. Entregues 130 kits femininos, contendo escova e pasta de dente, sabonete, desodorante, absorvente, pente e laço de cabelo. Entregues 200 kits de higiene pessoal para crianças e 200 kits com snacks e doces para crianças.

Venho a considerar os seguintes pontos:

Vimos um campo imenso para colheita. Muitos estão próximos as igrejas sendo discipulados e o bom relacionamento com as forças armadas tem permitido acesso onde barreiras são levantadas por algumas ONGs.

Em particular o trabalho com a Igreja da Metodista foi muito produtivo.
Sob a liderança do Pr Augusto e Pra Marcia estão comprometidos com o reino e sensiveis ao amparo espiritual dos imigrantes.
Nos abrigos estão desassistidos de atividades educativas e preventivas, mas possuem boa assistência médica embora não odontológica, tendo acesso a rede pública.
O fluxo migratório continua intenso comprimindo a tolerância da população local.
Novos abrigos estão sendo construidos mas não supre a grande demanda com baixa interiorização.
O programa de capacitação tem motivado a muitos, faz-se necessaria filtrar melhor os participantes.
Novos voluntários para novas capacitações estão sendo desafiados, podendo ser feito uma agenda para continuidade. O próprio comando das forças armadas pediu essa continuidade.
Pela dificuldade de acomodações e subsistência, ve-se uma grande oportunidade para discipulado e posterior envio, uma casa de acolhimento com os irmãos que participam das atividades na igrejas.
Alguns alugam pequenos quartos para toda familia e outros estão nos abrigos.
Se existir um sistema comunitário com um coordenador, na casa teria alguma produção do que está sendo ministrado para auto subsistência.
Enfim, oremos para sabedoria do que seria feito nesse imenso campo espiritual e o que o Senhor possa nos revelar em nossas ações. ”